LA CUMBRECITA - PEQUENO POVOADO NAS SERRAS CORDOBESAS


Fala galera, 
Nessa página eu vou contar toda a minha experiência, orçamento, transporte e hospedagem da minha passagem por La Cumbrecita


La Cumbrecita estava nos meus planos antes mesmo de sair do Brasil. A pequena cidade fofinha que eu via nas fotos me encantava. Após o feriado de Natal (onde passei no centro de Córdoba na casa de uma família nativa), de última hora, sem muito dinheiro e sozinha eu resolvi ir até o pequeno vilarejo que eu via nas fotos. 

foto: @dejandoportodoelmundo

Como estava com pouco dinheiro, peguei um ônibus que me deixava em um bairro bastante afastado do centro e próximo da estrada que me levava para La Cumbrecita. (O Google maps me ajudou muito a conhecer as estradas da Argentina). Na estrada, resolvi andar e pedir carona. Consegui uma carona que me levou até Villa General Belgrano  (que também é uma cidadezinha linda próximo a La Cumbrecita) e lá consegui uma outra carona para o meu destino.


Chegando lá, eu percebi que nem pensei em hospedagem (risos - não façam isso). Mas, de uma coisa eu tinha certeza: o Universo conspira ao meu favor e que tudo ia dar certo. Foi aí que entrei em um estabelecimento e pedir para usar o Wi-Fi. Entrei no aplicativo do Couchsurfing  (aplicação de hospedagem grátis) e encontrei algumas pessoas que me ofereceram lugar para ficar. 

Assim que cheguei já fiz amizade com uns rapazes que me ajudaram muito a conhecer toda a cidade (mas, claro que não foi no mesmo dia). Eu planejava ficar uns dois dias, três... Já que a cidade era pequena. Mas, não foi nada disso que aconteceu. A melhor coisa que fiz foi ter escutado meu coração o tempo todo e ele pediu pra que eu ficasse mais um pouquinho. Fiquei por uma semana, ora minha casa era nos fundos de um restaurante que me deixou ficar, ora foi acampando e ora foi na casa do Marcos (um rapaz do Couchsurfing).

Restaurante que me deixou ficar para dormir

Minha morada no primeiro dia

Os amigos que fiz 

Marcos é um rasta muito gente boa que conhecia todo o pueblo. Sua casa era a coisa mais aconchegante da vida. Um pouco distante do centro indo andando, era um sítio com animais super carinhosos, plantas lindas, vagalumes e a vista limpa e ampliada para um céu repleto de estrelas.

Casa do Marcos. Foto: @dejandoportodoelmundo - um dos amigos que fiz lá. 

Os amigos que fiz e um cartão de crédito com pouco limite salvaram minha alimentação. Comi bem e não passei fome nenhum dia. Gastei 50 pesos durante todos os dias que passei lá. 

La Cumbrecita tem as mais lindas cachoeiras que já pude presenciar. Balneários, trilhas ecológicas, serras belíssimas, casinhas de madeira, flores de cores incríveis e um ar maravilhoso. Passei dias de extremo relaxamento enquanto estive lá. 

la cumbrecita, Córdoba, Argentina, pueblo


Após ter sumido por uma semana (estava sem conexão à internet e sem área de operadora) resolvi ir embora e dar "sinal de vida". Andei até o início da cidade (foi chão, viu?!) para chegar na estrada e tentar uma carona de volta. Consegui uma até Villa General Belgrano novamente e lá eu peguei um ônibus para o centro de Córdoba que me custou 160 pesos. 

Foi isso! 

Sempre ouça o seu coração e nunca esqueça que tudo vai dar certo. 

Mais algumas fotos:





Com amor, Priscila ❤


Um comentário:

  1. Bom dia. Gostei muito da matéria. Parabéns. Gosto muito de lugares pequenos como este.
    Tudo de bom!
    Sergio

    ResponderExcluir

NÃO USE OS TEXTOS AQUI CITADOS PARA FINS LUCRATIVOS. CASO CONTRÁRIO SERÁ CONSIDERADO PLÁGIO. . Tecnologia do Blogger.