O CUSTO DE VIDA VEGANO É CARO?

Fala galera,
No post passado falei sobre alguns materiais que me ajuda bastante a manter o foco com a alimentação vegetariana. Então, resolvi trazer um texto da doutora Juliana Moraco que é uma médica e vegana maravilhosa que dá várias dicas em seu instagram. 

Achei interessante trazer aqui pro blog esse texto dela pois é uma das perguntas que mais ouço, que é sobre o custo de vida vegano.


Uma alimentação sem carne e derivados de qualidade é acessível, e muito. Legumes, verduras, grãos e frutas têm preço baixo, são facilmente encontrados e existe uma infinidade de receitas com tempos e dificuldades de preparo diferentes, permitindo que você escolha as que melhor se encaixam ao seu cotidiano e às suas habilidades culinárias.

Nem só de ‘’substitutos’’ vivem as pessoas que não consomem carne


Carnes e queijos vegetais são uma alternativa fantástica para quem quer abandonar os produtos de origem animal mas está acostumado a consumi-los. Mesmo com cada vez mais produtos disponíveis no mercado a preços cada vez mais baixos, às vezes essas carnes e queijos vegetais 
podem acabar ultrapassando o orçamento. Há várias formas mais baratas e mais nutritivas de preencher o “vazio” momentâneo que sentimos. Você não precisa necessariamente de almôndegas e hambúrgueres de grãos para ter uma dieta saudável, gostosa e balanceada.

Conheça novos sabores 


Grãos, folhas, sementes, castanhas, frutas, cogumelos. Uma alimentação sem ingredientes de origem animal possui milhares de alimentos coloridos, deliciosos e ricos em vitaminas e proteínas. Todos esses alimentos podem ser encontrados em feiras, hortifrutis e zonas cerealistas a preços muito inferiores aos da maioria dos produtos de origem animal. Permita-se conhecer e experimentar alimentos mais simples, mais frescos, sem rótulos ou 
embalagens.


Faça o simples


É comum ficarmos perdidos com os ingredientes ao vermos algumas receitas ou programas de culinária saudável. Você não precisa do sal rosa do Himalaia, do óleo de gergelim, do cogumelo Paris, do arroz negro, nem mesmo do tofu para comer bem e deliciar-se com pratos saudáveis sem qualquer alimento de origem animal. 
Ingredientes básicos e acessíveis, encontrados em qualquer mercado, são 
suficientes para um menu variado, sem a necessidade de qualquer ingrediente 
de luxo.

Mão na massa

Qualquer que seja a dieta, em qualquer lugar, produtos industrializados são mais caros. Pagamos a mão de obra, a embalagem, o transporte, os aditivos químicos e, por fim, o ingrediente. Por que não pular direto para o ingrediente? É mais saudável e mais barato e, colocando a mão na massa, podemos fazer todos os outros produtos encontrados nas prateleiras.


Incrível, né?! Vocês sabiam dessas informações? Compartilha com os amigos para eles ficarem sabendo o quanto é mais barato e saudável o estilo de vida vegano! Leiam também o Guia Vegetariano da Mercy For Animals. 

Um comentário:

  1. Oi, Priscila!!!!

    Muito bom seu texto. Tenho interesse na alimentação vegetariana, tanto que estou pesquisando formas de fazer essa transição que não choquem meu paladar, nem agridam o bolso. E nesse sentido, seu texto me ajudou muito.

    Parabéns, e muito sucesso pra você!!!!

    ResponderExcluir

NÃO USE OS TEXTOS AQUI CITADOS PARA FINS LUCRATIVOS. CASO CONTRÁRIO SERÁ CONSIDERADO PLÁGIO. . Tecnologia do Blogger.