YAMAS E NIYAMAS DO YOGA

Conheça a ética da prática que mudou minha vida: o yoga. Em dez passos divididos em cinco yamas e cinco niyamas, está toda ética dessa filosofia milenar. 





Muitas pessoas vêem minhas fotos no instagram e os pins que salvo no pinterest e acha que o yoga é apenas uma prática que ajuda na flexibilidade. Mas, o que eles não sabem é que a yoga é muito mais que uma prática, é uma filosofia, um estilo de vida.

Essa técnica indiana tem como objetivo salvar nossa mente através do controle que temos sobre ela (e que muitos de nós não sabemos que temos esse controle). Ela nos ajuda a controlar as flutuações da mente e a tomarmos consciência de tudo que fazemos. Ou seja, trazer a "Consciência Divina" ao nosso corpo e nossa mente.

Porém, antes de começar a praticar é preciso conhecer a ética do yoga, que são os yamas e niyamas, que vos apresentarei agora!

pinterest imagens 

Yama

Yama é como se fosse a porta de entrada para o yoga e significa domínio ou controle. É o princípio que diz o que temos que evitar. E é responsável por controlar os impulsos dos órgãos de ação, que são: boca, braços, pernas, órgãos excretores e sexuais. O yama se divide em 5 partes, que são: Ahimsa, Aparigraha, Brahmacharya, Satya e Asteya. 

Ahimsa

Significa a não violência, ou seja, não podemos causar dor em nenhum ser vivo, seja humano ou animal. 


Aparigraha

Ensina que não podemos alimentar a cobiça e a possessividade. E isso vale tanto para objetos como para relacionamentos.

Brahmacharya

A tradução ao pé da letra significa "movimento em direção ao essencial". E tem muito a ver com a disvirtuação do sexo e reforça que os relacionamentos nos levam a compreensão das verdades nobres.

Satya

Ensina o não mentir e manter a coerência entre discursos e ações. 


Asteya

Não roubar objetos e ideias. Não invejar conquistas alheias.

pinterest imagens 

Niyama

Niyama está relacionado ao controle dos órgãos de percepção, que são: olhos, língua, nariz, ouvidos e pele. E se divide em cinco também, são eles: Sauchan, Santosha, Tapas, Svadyaya, Ishvarapranidhana.

Sauchan

Significa a purificação externa e interna de nós mesmos. A purificação externa é sobre abrirmos mão do álcool, cigarro, alimentação rica de gordura e açúcar e aderir a dieta vegetariana. Enquanto a purificação interna, é sobre tirar pensamentos e sentimentos tóxicos da alma. 


Santosha 

É o contentamento. Consiste em cultivar a alegria independente das circunstâncias externas.

Tapas

Está relacionado a termos disciplina, força de vontade, determinação, se policiar de sentimentos como o egocentrismo, inveja, cobiça. Esse policiamento leva à felicidade plena, aquela que irradia na alma. 

Svadyaya

É o estudo das escrituras do yoga. É a busca pelo autocautoconhecimento e a aplicação desses conhecimentos na vida. 

Ishvarapranidhana

É entregar e confiar a Deus/Universo os acontecimentos da instância superior. É a devoção, consagração, autoentrga. 


pinterest imagens 

E esses são os cinco yamas e cinco niyamas, a ética do yoga. Como eu havia dito antes, isso é apenas a porta de entrada do yoga, ainda existe muita coisa além disso. A modalidade que eu prático é o Asthanga Vinyassa Yoga, no Studio Viva+, que fica em Paulista - PE, com a instrutora Amanda. 


Gostaria de convidar todos os leitores daqui do blog que moram próximo para conhecer o Studio Viva+ e treinarem junto comigo! 

Nenhum comentário

NÃO USE OS TEXTOS AQUI CITADOS PARA FINS LUCRATIVOS. CASO CONTRÁRIO SERÁ CONSIDERADO PLÁGIO. . Tecnologia do Blogger.