ESPORTES: A ARTE DA IMOBILIZAÇÃO - TAMBÉM PARA MULHERES -


Para quem não sabe, o Jiu-Jitsu ou BJJ é uma arte brasileira sim! A modalidade foi criada por uma família mega respeitada que carrega o sobrenome no sangue, na alma e nos tatames. Eu estou falando da Família Gracie, muito conhecida também por sua dieta que já vem sendo seguida até quarta/quinta geração.
O jiu-jitsu significa Arte Suave. Hélio Gracie e Carlos Gracie eram jovens baixos e magros, desenvolveram a arte para que provasse para as outras e para a sociedade que a força não era necessária para se vencer uma luta. Com ataques e contra-ataques através de alavancas eles conseguiram mostrar que a imobilização consegue suprir a força.
A arte despertou curiosidade naquela época, no Rio de Janeiro. Helio fazia em sua academia lutas contra outras artes marciais da época, como a capoeira e sempre se sobressaía com seus contra golpes precisos. O jiu fez com que passasse a existir outros esportes, como o judô que hoje é considerado um esporte olímpico.
Mas, aí chega a parte que eu mais gosto, que é o jiu-jitsu para mulheres. Tem meninas que praticam, Pri? Looooogico que tem! Parece uma pergunta besta, mas já ouvi muitas vezes. Uma das minhas grande inspirações é a Kyra Gracie (aquela... A namorada do Malvino Salvador) Pronto! Ela é faixa preta de jiu-jitsu. "Ah, Pri! Mas claro que ela tinha que fazer... Ela nasceu na família e tal..." Ta, pode até ser, mas não foi moleza pra ela chegar até onde ela ta não. Ela foi a primeira mulher da família a se graduar com a faixa preta. Mas, ser lutadora de jiu não a faz menos feminina, ela adora mostrar suas características femininas.
Existem muitas outras mulheres faixas preta no mundo. As minhas atletas favoritas são: Mackenzie Dern, Gabi Garcia, Honda Rousey, Renata Pita Pimentel, Kyra Gracie e entre outras.

Pois bem galera, mais eu nem falei de mim, que também pratico a arte. Treinei pouco mais de 2 anos seguidos, todos os dias. Hoje só posso treinar nas férias por causa da correria do dia-a-dia. Atualmente, faço três anos de que treino. Foi o esporte que eu mais me identifiquei. Recomendo para todas as meninas, até mesmo para a defesa pessoal de vocês. Além de te deixar em um estado de espírito muito positivo.

Esse vídeo é bem rapidinho, mas mostra como vale a pena mulheres praticarem jiu-jitsu.

E é isso pessoal, forte abraço, grande beijo e até a próxima. Quem gostou não esquece de coletar e quem não gostou também comenta, deixa tua crítica pois é com ela que eu vou tentar corrigir os erros.

2 comentários:

  1. ótimo texto, bem fluído e espontâneo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Fe! Fico feliz em ganhar um elogio seu, és uma escritora admirável!

      Excluir

NÃO USE OS TEXTOS AQUI CITADOS PARA FINS LUCRATIVOS. CASO CONTRÁRIO SERÁ CONSIDERADO PLÁGIO. . Tecnologia do Blogger.