Featured

O QUE TE ESPERA PARA 2018?

by 04:12:00

2018 já começou! Você seguiu minhas dicas para o ano de 2017 e acompanhou meus stories no Instagram a cada mudança de lua? Se não, nao tem problema, vou te dar uma oportunidade para ficar mais ligada nos sinais do universo nesse ano de 2018. 

Pois bem, 2017 não foi tranquilo pra ninguém, né?! E eu avisei que não seria. Saturno nos pegou pelo braço e nos deu uma lição de moral daquelas, nos mostrando que precisávamos de muita responsabilidade. Também foi o ano em que entramos no ciclo de 36 anos dele - Saturno. Ou seja, ciclo de Saturno + ano de Saturno. Pesado! Tivermos a sensação de está indo com o pai para a balada durante todo o ano. Mas, passou! Qual a energia para o ano de 2018? 

Ainda estamos no ciclo de Saturno, até porquê o ciclo de 36 anos começou ano passado. Mas, cada ano tem um planeta/astro regente e esse ano de 2018 estamos sobre a energia de Júpiter, que é o pai do signo de Sagitário. Porém, Júpiter está posicionado no signo de Escorpião. Como isso influenciará nas nossas vidas? Vou explicar! 

Júpiter é o planeta da sorte. Diferente de Saturno, que em 2017 foi super carrasco conosco, quando pedíamos algo ele nos dava uma coisa totalmente diferente para testar nossa responsabilidade; Júpiter vai nos dá, mas ele vai nos dar o dobro com a mesma intensão de responsabilidade. Para ficar melhor a compreensão vou desenvolver uma metáfora: 

Vamos imaginar que somos adolescentes e estamos em um rolê, uma balada. Você geralmente vai para uma balada com uma amiga responsável, aquela que seu pai só deixa você sair com ela, que te avisa para não beber mais, que conhece seu limite etc. Porém, em 2017 sua amiga viajou durante um ano e seu pai não deixa você ir sozinha e você precisou escolher entre não ir e ir com seu pai. E todos nós escolhemos ir com o pai, pois era a opção mais plausível. E foi assim, fomos com nossos pais para a balada durante todo o ano. Quando pedíamos pra ele um drink com álcool ele nos dava água. O pai seria Saturno em nossas vidas no ano passado. Se pedíamos 50 reais, ele nos dava 20. Ele foi muito rígido. 

Porém, o ano terminou e nossa amiga voltou de viagem. Aquela que é responsável, mas é nossa amiga. A amiga seria Júpiter. Se a gente pede um drink ela chega com um clone de drink pra você. Se você pede 50 reais, ela te dá 70. Porém, sempre o seu pai liga pra ela pelo menos uma vez no mês e pergunta como vai as coisas, ela não mente, mas também não te joga contra ele, até porque ela tem a confiança dos dois - a sua e a do seu pai. Ou seja, ela testa o tempo todo sua responsabilidade também, se você pediu um drink e ela te deu dois foi pra ver se você realmente aguenta com os dois, para testar se você está condizente mesmo com o que diz, com seus atos. Deu pra entender? 

Júpiter vai ser seu amigo, mas ele tem contas a prestar com Saturno, entende? Ele vai te dar o que você pedir, principalmente, coisas materiais. Mas, ele vai te cobrar responsabilidade por tudo que pedires. Ou seja, se você pediu 50 e Júpiter te deu 70, você precisará guardar os 20 extras, sacou? E não sair gastando tudo de uma vez só porque Júpiter é o bonzinho. 

Outra coisa muito importante, Júpiter está no signo de Escorpião esse ano. Ou seja, desapego emocional, ok? Como assim? Por que, Priscila? Explico!

Escorpião é um signo de profundidade, intensidade. E Júpiter é o planeta da expansão, da sorte. Como organizar as ideias dessa energia? Bom, irei criar outra metáfora para isso: 

Imaginem que nesse ano de 2018 iremos passar dentro de um filtro. Aqueles filtros que o buraquinho embaixo é bem pequeno, como o de café, por exemplo. Se você, está chegando em 2018 cheio de apegos emocionais, coisas do passado, feridas mal curadas, intrigas com familiares, amigos, namoro, casamento... Você precisará desapegar para passar pra 2019 limpo de tudo. Ou seja, é obrigado fazer tudo isso agora no início do ano? Não. Pois, cada pessoa tem seu modo de expansão de consciência. Tudo será um processo. Terá pessoas que vai se jogar no filtro de café logo no início do ano. Já terá outras que em novembro ainda estará cheio de apegos emocionais, o que dificultará sua passagem e será muito dolorosa. 

Cada signo reagirá a essa energia do filtro de café/ano de 2018 de uma maneira. Abaixo está o que cada signo  (de acordo com o sol) precisará trabalhar mais nesse ano e conseguir passar mais leve: 

ÁRIES:
Os arianos precisará eliminar suas metas antigas. Pensar de forma diferente. Se suas metas era abrir um negócio com flores, mas você percebe que não quer mais isso, mas fica insistindo nessa mesma meta todos os anos, é hora de parar! Trace novas metas, escute o que seu coração quer realmente. 

TOURO
Os taurinos são os que sentirão com mais peso esse ano. Porque são o oposto de Escorpião, geralmente, são pessoas muito pés no chão, resistentes a uma ideia, teimosos. E em um ano de Júpiter em Escorpião, os taurinos precisarão de inclinação para as coisas, precisarão se espiritualizar mais também. 

GÊMEOS
Os geminianos irão precisar se decidir o que realmente querem em relação ao modo como lida com o outro, seja um relacionamento, ou um familiar, um melhor amigo... o outro. Precisam deixar claro para as pessoas com quem tem uma relação mais íntima o que realmente é importante pra vocês.

CÂNCER
Os cancerianos precisará tomar cuidado com os quesitos da casa 6. Ou seja, a casa da saúde. Precisarão cuidar mais dela, do corpo físico, da alimentação etc. Fiquem atentos para não ser pior depois para passar pelo filtro. 

LEÃO
Leão estará a 5 palmos do signo em que Júpiter é regente. Ou seja, precisará prestar atenção nos quesitos da casa 5 e a casa 5 é a casa de Leão. Ou seja, cuidar da autoestima, já que Saturno despenteou toda a sua juba no ano passado e você não teve muito tempo para cuidar da sua autoestima. Volte a se valorizar. 

VIRGEM
Para os virginianos esse ano é o momento para eliminar de vez por todas todo o passado. Deixar de ficar pensando no quanto seu relacionamento amoroso foi ruim pra você, de ficar relembrando o quão traumático foi o fato de seu pai te bater muito quando criança, enfim. Eliminar o passado para seguir leve nesse ano. 

LIBRA:
Para Libra esse ano, o ideal é jogar fora todo o preconceito que tem sobre algumas ideias. É tempo de fazer algo novo, estudar, se encher de conhecimento que você não se importava antes. É tempo de se atualizar mentalmente, de ser flexível com você e com suas ideias. 

ESCORPIÃO
Para os escorpianos é um momento de colocar os pés um pouco mais no chão e começar a rever alguns conceitos sobre segurança, sobre materialismo mesmo. Vocês irão precisar de sustentação material, de criar uma base, rever o modo como lida com assuntos financeiros. Talvez você pode ter gastado demais em 2017 para curar-se emocionalmente e acabou esquecendo que você também precisa de base financeiramente falando. 

SAGITÁRIO:
Como Júpiter é o regente de Sagitário, os sagitarianos estarão na primeira fileira. E esse ano vai exigir que vocês revejam a personalidade de vocês. A energia sagitariana é otimismo, liderança... Esses adjetivos fazem parte da sua personalidade? Se não fazem, vocês precisam filtrar isso. Jogar no filtro toda a grosseria, pessimismo, porque isso não é de vocês. 

CAPRICÓRNIO:
O que esse ano espera pra vocês capricornianos? Já que vocês já são responsáveis, já são trabalhadores e esforçados. O que será exigido de voces esse ano é: Criatividade! O Universo sabe que vocês são certinhos, mas falta criatividade pra vocês. E precisará trabalhar a espiritualidade também, pois quando você se expande espiritualmente a criatividade surge maravilhosamente bem. 

AQUÁRIO
Os aquarianos estarão sobre a energia da casa 11 e a casa 11 é a casa da utopia. Ou seja, esse é o ano de mostrar pra que vocês vieram ao mundo, de colocar aquele projeto social em prática, de transformar a maneira como vocês estão se comportando diante das ideias de vocês. Não deu pra realizar o que você queria em 2017? Esse é o ano. Coloque em prática seu sonho utópico. Qual o impacto de vocês aqui nessa Terra? 

PEIXES
Vocês piscianos estão sobre a energia da casa 10, a casa do trabalho. Ou seja, esse é o ano para fazer com que o que você faz da vida seja algo útil para você e para sociedade. Pode ser qualquer trabalho, se ele tiver utilidade grande e forte para você, você se sentirá leve. Mas, se você estiver trabalhando com algo que não te motiva e que pra você não seja útil para a sociedade, esse fardo ficará ainda maior. O seu trabalho te faz se sentir útil? 

É isso gente, esse foi o post com as energias e algumas previsões para o ano de 2018. Espero muito que apliquem em suas vidas. Eu sou Priscila Oliveira e desejo muita luz e abundância para você nesse ano de 2018. 

DICAS PARA PERDER O MEDO DE VIAJAR SOZINHA

by 14:01:00

Pinterest Imagens

Fala galera,
Hoje resolvi trazer umas dicas para vocês que falam ter medo de viajar sozinha. Quem ainda não experimentou essa dádiva não sabe o que está perdendo. Viajar sozinha é um aprendizado e tanto, além do seu crescimento quanto pessoa e aumento da sua autoconfiança. 

Mas, infelizmente, tem pessoas que ainda não abriram a mente ou apenas prefere viajar em grupo ou não gosta de viajar... O que acaba frustrando e trazendo medo para quem tem curiosidade de viajar sozinha. Só que hoje eu vou te dar dicas para você perder o medo de ser uma viajante solo. 

1. COMECE VIAJANDO PARA LUGARES MAIS PRÓXIMOS

A intenção não é desistir no primeiro perrengue e voltar pra casa. Não mesmo. Mas, começar viajando pro estado vizinho, ou até mesmo outras cidades já é um avanço grande. Principalmente, para você descobrir se realmente gosta de ficar apenas na sua companhia. Até porquê qualquer probleminha na viagem é você que terá que resolver e começando por lugares mais pertos será "mais tranquilo" do que em outro país. 

2. SE AFASTE DE PESSOAS NEGATIVAS 

O tempo todo vai ter gente dizendo o quanto é perigoso viajar sozinha. Então, uma das coisas mais importantes é você não dar muito ouvidos - claro que é preciso tomar bastante cuidado e ouvir outros viajantes - mas, não deixe que pessoas pessimistas faça você sair do seu foco.

3. ANTES DE VIAJAR, PESQUISE MUITO!

Pesquisar é essencial. Mas, não é uma simples pesquisa, você precisa pesquisar muito. Faça um roteiro de viagem, pois é importante para você se basear e se organizar. Você não vai querer deixar de visitar aquele lugar maravilhoso só por falta de informação. Ou passar frio porque você não sabia o clima do local. 

4. NÃO TENHA VERGONHA DE PERGUNTAR 

Não há mal nenhum se informar. Não tenha medo de fazer uma pergunta. As vezes as informações na internet são obsoletas e talvez nem exista mais aquele ponto que você queria muito ir. Pergunte mesmo! Pergunte se tal lugar é barato e se vale a pena; pergunte se é perigoso andar por certos lugares. Os prevenidos zombam do tempo. 

Se você gostou desse artigo salve essa imagem no seu Pinterest! 

Pois bem, essas foram as dicas! Sigam o coração de vocês e não deixem que nada te desanime. O que não vai faltar é gente dizendo que será perigoso e que só será divertido se tiver uma companhia. Digo pra vocês que em qualquer lugar você pode está "em perigo", nunca me roubaram em alguma viagem, já na rua da minha casa sim. Não precisamos deixar de viver por isso, a vida é mara e a gente tem que aproveitar mesmo. Espero muito que esse post ajude você que tem medo de viajar sozinha! 

DUPLA PENETRAÇÃO NÃO PRECISA DOER

by 13:21:00
Fala galera,
Voltamos com os sábados apimentados! Estava um tempo sem postar sobre sexo e sexualidade por aqui, né verdade?! Vocês pediram e eu voltei. E voltei com um tema que foi uma sugestão super bacana de uma leitora. 

A sugestão dela foi: "Pri, tenho muita curiosidade em fazer sexo a três, o famoso ménage, mas queria com dois rapazes. O grande problema é que tenho medo, não sou muito acostumada com sexo anal, mas gostaria muito de experimentar uma dupla penetração. Faz um post sobre isso." 


Tomada dupla.
Google imagens. 

Pois bem, a dupla penetração é uma das vontades que muitas mulheres têm, mas que infelizmente é pouco discutida. Contrariando o que muitos pensam, a penetração através da vagina e do ânus não precisa necessariamente ser com dois rapazes e uma mulher. Pode ser com seu parceiro ou parceira e até mesmo sozinha. Mas, deixo bem claro que não é tão simples como nos filmes pornôs. Só que também não precisa ser doloroso e pode sim te dar muito prazer. Pensando nisso, irei dar algumas dicas para você não sentir dor e ter uma dupla penetração super prazerosa! 

1. TENTE PRIMEIRO SOZINHA

Sabia que existe alguns brinquedinhos especializados para isso? É muito interessante. Opte pelos produtos de silicone, pois eles são melhores em contato com o lubrificante. Não tenha muita pressa e nem tente penetrar nos dois orifícios de uma única vez. Penetre primeiro na vagina e só depois de está muito excitada tente colocar atrás. 

2. SE SENTIR CONFORTO EM TENTAR COM O PARCEIRX, SE JOGA!

Nesse caso com o parceiro ou parceira você tem mais opções, pode usar tanto um brinquedinho como também, a mão, o pênis do boy... Você terá um pouco mais de liberdade para ditar o seu ritmo e as posições mais agradáveis. Tá certo que sozinha fica mais fácil, mas se você já teve a experiência de ter feito sozinha, consequentemente saberá o jeito que é melhor pra você.

3. USE LUBRIFICANTE

Não tente colocar um brinquedinho no ânus ou deixe o boy enfiar sem lubrificante. Será a pior sensação do mundo, vai doer e você vai ficar com trauma de tentar novamente. É como se você estivesse descendo um tobogã sem água. Use lubrificante, pois o ânus não tem a lubrificação natural que a vagina tem. 

4. QUER FAZER UM MÉNAGE? FAÇA! 

Eu sempre digo que todo mundo deve experimentar coisas novas o tempo todo. Neste post falo sobre 8 experiências que todo mundo deve ter um dia. Uma delas é o ménage que também tem um post onde falo somente sobre ele. 

Lembrando que o ménage não é necessário haver uma dupla penetração como a maioria dos pornôs mostram, mas se você quiser é claro que pode. É importante você já se conhecer antes, já ter feito sozinha, e lembrar de usar bastante lubrificante e conversar com os parceiros para eles manterem a calma porque não é tão fácil assim. 


É isso gente, espero muito que tenham gostado das dicas. É esperado que muitas meninas se assustem, por não ser um tema muito discutido, mas eu sei que muitas sentem vontade, mas não sabem muito bem como fazer. E se sente vontade porque não praticar? Quero saber a opinião de vocês! Fazem, sentem vontade ou melhor não Faro? Conta pra mim!

O CUSTO DE VIDA VEGANO É CARO?

by 12:42:00
Fala galera,
No post passado falei sobre alguns materiais que me ajuda bastante a manter o foco com a alimentação vegetariana. Então, resolvi trazer um texto da doutora Juliana Moraco que é uma médica e vegana maravilhosa que dá várias dicas em seu instagram. 

Achei interessante trazer aqui pro blog esse texto dela pois é uma das perguntas que mais ouço, que é sobre o custo de vida vegano.


Uma alimentação sem carne e derivados de qualidade é acessível, e muito. Legumes, verduras, grãos e frutas têm preço baixo, são facilmente encontrados e existe uma infinidade de receitas com tempos e dificuldades de preparo diferentes, permitindo que você escolha as que melhor se encaixam ao seu cotidiano e às suas habilidades culinárias.

Nem só de ‘’substitutos’’ vivem as pessoas que não consomem carne


Carnes e queijos vegetais são uma alternativa fantástica para quem quer abandonar os produtos de origem animal mas está acostumado a consumi-los. Mesmo com cada vez mais produtos disponíveis no mercado a preços cada vez mais baixos, às vezes essas carnes e queijos vegetais 
podem acabar ultrapassando o orçamento. Há várias formas mais baratas e mais nutritivas de preencher o “vazio” momentâneo que sentimos. Você não precisa necessariamente de almôndegas e hambúrgueres de grãos para ter uma dieta saudável, gostosa e balanceada.

Conheça novos sabores 


Grãos, folhas, sementes, castanhas, frutas, cogumelos. Uma alimentação sem ingredientes de origem animal possui milhares de alimentos coloridos, deliciosos e ricos em vitaminas e proteínas. Todos esses alimentos podem ser encontrados em feiras, hortifrutis e zonas cerealistas a preços muito inferiores aos da maioria dos produtos de origem animal. Permita-se conhecer e experimentar alimentos mais simples, mais frescos, sem rótulos ou 
embalagens.


Faça o simples


É comum ficarmos perdidos com os ingredientes ao vermos algumas receitas ou programas de culinária saudável. Você não precisa do sal rosa do Himalaia, do óleo de gergelim, do cogumelo Paris, do arroz negro, nem mesmo do tofu para comer bem e deliciar-se com pratos saudáveis sem qualquer alimento de origem animal. 
Ingredientes básicos e acessíveis, encontrados em qualquer mercado, são 
suficientes para um menu variado, sem a necessidade de qualquer ingrediente 
de luxo.

Mão na massa

Qualquer que seja a dieta, em qualquer lugar, produtos industrializados são mais caros. Pagamos a mão de obra, a embalagem, o transporte, os aditivos químicos e, por fim, o ingrediente. Por que não pular direto para o ingrediente? É mais saudável e mais barato e, colocando a mão na massa, podemos fazer todos os outros produtos encontrados nas prateleiras.


Incrível, né?! Vocês sabiam dessas informações? Compartilha com os amigos para eles ficarem sabendo o quanto é mais barato e saudável o estilo de vida vegano! Leiam também o Guia Vegetariano da Mercy For Animals. 

MINHA TRAJETÓRIA COM O VEGANISMO

by 18:57:00
google imagens

Fala galera,
Hoje estou aqui para falar pra vocês sobre a alimentação vegetariana e os motivos pelos quais eu resolvi aderir à esse estilo de vida tão incrível. O consumo de alimentos que não são de origem animal está a cada vez mais ganhando novos seguidores, as pessoas estão autoconscientizando-se e valorizando sua longevidade, pois além de ser saudável, o veganismo tem uma causa linda de luta a favor dos animais e do planeta. 

Minha pequena e assídua trajetória com o veganismo vem sendo intensa e eu vou contar pra vocês como foi que decidi fazer essa mudança que transformou minha vida. 

Desde que me conheço por gente gostava de natureza, mas foi com 16 anos que iniciei na luta em defesa das causas ambientais, me envolvi em projetos sócioambientais e fiz alguns trabalhos voluntários. Um pouco mais a frente cursei dois cursos de formação que mudaram inexplicavelmente minha concepção de mundo - para melhor - que foi Teatro e Serviço Social, no que resultou em um empoderamento e uma constante busca por autoconhecimento. Não nego que passei por uma crise existencial muito grande e de certa forma duradoura, não conseguia me enxergar sendo fruto de uma sociedade tão preconceituosa, violenta e autodestrutiva. Por sempre ser ativa eu tinha necessidade de exercitar meu corpo... Foi quando descobri o Yoga no @vivamaisstudio. Uma prática milenar que tem uma filosofia admirável e um de seus ensinamentos é o Ahimsa = Não violência. Eu "entendia" o que era o não violência e foi aí que resolvi aderir o estilo de vida vegetariano e não cometer violência com os animais, com o meio ambiente e com os outros humanos. Mas, o que eu esqueci foi de não cometer comigo mesma. Não podemos retirar de uma hora pra outra de nossas vidas, o nosso corpo sente e sofre. Tive consciência disso e resolvi entrar pelas margens com cautela e respeitando meu corpo. Consegui! Hoje não como e não uso alimentos e produtos de origem animal e me esforço o máximo para produzir o mínimo de lixo. Ainda estou e uma incansável evolução, mas alguns livros e documentários me ajudam enormemente, assim como o Guia Vegetariano do Mercy For Animals. Pelo contrário que muitas pessoas pensam, eu não sou fraca de proteínas e vitaminas, me sinto muito forte para praticar todas as atividades físicas que prático diariamente. 


NÃO USE OS TEXTOS AQUI CITADOS PARA FINS LUCRATIVOS. CASO CONTRÁRIO SERÁ CONSIDERADO PLÁGIO. . Tecnologia do Blogger.